Representantes do setor de aquicultura se reuniram em 24 de novembro no Parque da Água Branca para a realização do “Diálogos de Segurança Alimentar e Aquicultura", evento promovido pela Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) em parceria com o Instituto de Pesca (IP-Apta).

Na oportunidade foi traçado um panorama dos diferentes elos da cadeia produtiva, abordando temas como: aspectos nutricionais, hábitos dos consumidores, pesquisas e novas tecnologias, logística, produção e abastecimento no mercado pesqueiro.

Para falar sobre esses temas estiveram presentes autoridades no assunto: Érika Furlan, Milene Raimundo, Martinho Colpani e Elane Cristina Santos.

Outros temas que surgiram no decorrer do evento foram: resíduos, pescado na merenda escolar, custos, legislação, tendências e potencial da produção orgânica.

Rubens Rizek, Secretário Adjunto de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, parabenizou as equipes envolvidas na elaboração do evento, devido a importância de se pensar em estratégias de cooperação, de forma técnica, para garantir a Segurança Alimentar no Estado.

Érika Furlan, pesquisadora da Unidade Laboratorial de Referência em Tecnologia do Pescado do IP, diz que “a união de esforços de todos da cadeia produtiva, detectando entraves e vislumbrando oportunidades é primordial. Cada um tem uma limitação de conhecimento. Para que o potencial seja aproveitado é importante ter a visão do todo”, concluiu.

“O evento abraçou todas as esferas de atuação. Para dar uma amplitude no mercado da pesca é necessário oferecer um produto de qualidade, com preços competitivos”, disse Elane Cristine Correa Santos, do Grupo Pão de Açúcar.

O Presidente da Câmara Setorial do Pescado, Martinho Colpani afirmou que o evento é estratégico e social, e não é só importante para a cadeia, mas também para a sociedade. O pescado chega a preços exorbitantes e as pessoas não têm acesso. O nosso desafio é produzir mais para oferecer um produto de qualidade com preços acessíveis. 

Os Diálogos de Segurança Alimentar são realizados desde o início de 2016. É uma iniciativa do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Consea-SP) e tem por objetivo contemplar temáticas contemporâneas como: Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS); Mudanças Climáticas, Abastecimento; Sustentabilidade; Resíduos Orgânicos; Matriz Africana; Economia Agrícola. Até o final do ano será realizado um Diálogo de Segurança Alimentar focado em Comunidades Urbanas. 

 

Por Codeagro