Governador João Doria (Governo SP)

Governador João Doria (Governo SP)

Um pacote anunciado pelo governo do Estado de SP prevê a ampliação da segurança no campo e a oferta de R$ 215 milhões para crédito e seguro rural em apoio aos produtores.

Os anúncios foram feitos pelo governador João Doria (PSDB) na quinta-feira em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes. Outras medidas incluem a reativação do corredor sanitário nas fronteiras interestaduais e o 'Município AgroSP', para incentivar políticas públicas para o agronegócio nas cidades.

Pelo programa AgroSP Seguro, que prevê segurança para o agro, a previsão é de que 250 viaturas específicas para o trabalho de ronda rural sejam enviadas aos municípios, com identidade visual do programa, adaptação com giroflex e tecnologias como GPS e rádio comunicador. A estruturação de segurança será de responsabilidade dos municípios.

"Nós não temos hoje na polícia condições de identificar qual é o índice de roubo, de furto, de ocorrências, de crimes, no campo. Agora, todas as ocorrências no campo irão para um índice específico e nós teremos esse monitoramento", afirmou o secretário de Agricultura e Abastecimento de SP, Itamar Borges.

TECNOLOGIA.

A OVALE, o governador destacou diante dos anúncios a importância do uso da tecnologia, setor de destaque na RMVale, frente ao momento vivenciado pelo agro. "Hoje, praticamente todos os setores do agro em São Paulo estão lincados à tecnologia e principalmente por um outro ponto importante: a chegada dos mais jovens. Dado à pandemia, houve uma substituição dessa mão de obra gerencial no campo pelos mais jovens", explicou, Doria. "Então, tecnologia sim. Vamos ampliar os programas de financiamento através das cooperativas e das entidades rurais aqui em São Paulo", disse o governador.

Ao menos R$ 52 milhões já haviam sido anunciados para pesquisa agropecuária pelo governo estadual. Do montante, o IB-Apta (Instituto Biológico) deve ser um dos contemplados. Embora com sede na capital, o IB tem unidade de pesquisa em Pindamonhangaba. Os recursos devem ser empregados para ampliação da capacidade de produção de antígenos para teste de brucelose e tuberculose em bovinos.

Também há investimentos previstos para o IP-Apta (Instituto de Pesca), que conta com unidades de pesquisa em Campos do Jordão e Ubatuba. A previsão é de que sejam garantidas ações de apoio à gestão dos recursos aquáticos, com atendimento das necessidades de sustentabilidade da água em projetos de aquicultura.

Rotas Rurais teve adesão de maioria das cidades no Vale, diz secretário

Em coletiva, o secretário estadual ainda repercutiu saldos de sua visita à RMVale no fim de julho.

Segundo ele, na ocasião, obteve a adesão da maioria dos municípios da região ao programa Rotas Rurais, que prevê o mapeamento das estradas paulistas por meios tecnológicos.

"Assinamos convênio com as cidades pertencentes às regionais de Pindamonhangaba e Guaratinguetá. Temos apenas três cidades por desencontro que não assinaram, mas vamos atender a todos. O propósito do governador é atender os 645 municípios do estado", reforçou.

 

Fonte: O Vale, 14 agosto 2021 (https://www.ovale.com.br/nossaregiao/cidades/pacote-agro-preve-seguranca-e-credito-para-o-campo-em-sp-1.181595)